Perfil de consumo pós-pandemia

A pandemia da Covid-19 trouxe um dos maiores desafios dos últimos tempos. Em primeiro lugar, o mundo todo precisou parar para encontrar maneiras de proteger as pessoas e encontrar formas de diminuir o contágio. Enquanto isso, empresas de todos os tamanhos precisaram se adaptar a este cenário com agilidade.

Nos últimos meses, a preocupação com a saúde mundial veio acompanhada de incertezas para o mundo dos negócios. O fato é: enquanto não existem estudos ou vacinas para diminuir os riscos de contágio, empresários e gestores buscam alternativas para manter os negócios ativos.

Para lidar com um cenário instável, é preciso se organizar para o pós-pandemia. Vários hábitos mudaram nos últimos meses e o comportamento do consumidor, a relação das pessoas com métodos de pagamento, as prioridades e expectativas não são mais as mesmas. Entenda o perfil de consumo pós-pandemia e adapte suas estratégias. 

Consumo pós-pandemia

Para entender o cenário, você precisa se perguntar: Quem é o consumidor pós-pandemia? Como ele se comporta? Um estudo do Think With Google mostrou que existem 3 principais tipos de comportamentos de consumo pós-pandemia:

  • Consumo de subsistência: itens básicos para garantir a subsistência;
  • Consumo de celebração: produtos que são desejo e causem a sensação de vitória ou escape;
  • Consumo de reflexão: compras com um perfil mais consciente, de pequenos produtores, sem excessos e com pensamento no coletivo.

Entender os estágios de compras e os sentimentos dos clientes com relação aos produtos ou serviços é peça importante para definir uma boa estratégia.

Olhe ao redor e foque nos processos da sua empresa, uma gestão pós-pandemia vai exigir um papel mais inspirador e analítico, tecnológico e humano. Basicamente, é importante  ter uma visão de quem está pronto para reconstruir um cenário complexo, utilizando a inovação como pilar de sobrevivência.

Tecnologia pós-pandemia

É assim com todas as empresas, quem não acompanha tendências e faz melhorias, fica obsoleto. Para conquistar clientes cada vez mais exigentes, você precisa oferecer muito mais do que a sua concorrência está oferecendo.

A tecnologia vai ser uma das grandes responsáveis pela transformação do mundo pós Covid-19. Relações de trabalho mais dinâmicas, conectividade e interações entre o ambiente online e offline vão trazer novas perspectivas para negócios e pessoas.

  • Moedas Invisíveis: o distanciamento social impulsionou a valorização de novos métodos de pagamento. Dinheiro em espécie máquinas de pagamento em cartão estão sendo substituídas por tecnologias blockchain, onde o pagamento pode ser realizado sem contato físico e com transações rastreáveis;
  • Realidades Híbridas: os consumidores estão se familiarizando com a Realidade Artificial e Realidade Aumentada. A tendência é que o consumidor se acostume cada vez mais com objetos e recursos virtuais, transitando por ambientes em que itens físicos e virtuais coexistem e interagem em tempo real;
  • Machine learning: o conceito de autonomia inteligente torna as máquinas capazes de aprender com os processos. Para os próximos anos, processos pouco seguros e repetitivos serão substituídos por altos níveis de automação, otimizando tempo e custos para as empresas.

Adaptabilidade

A tecnologia e a internet aceleraram muito os processos de modernização das empresas. Tudo pode mudar muito rápido e, criar uma rotina que proporcione fazer mudanças rápidas, com tomadas de decisões certeiras, facilita o processo e garante o sucesso das operações internas e proporciona aumento na satisfação do novo consumidor. 

3 comportamentos seguirão em alta. Conheça eles:

  • Trabalho Remoto: colaboradores e gestores conheceram os benefícios de ter uma equipe além do escritório. O novo comportamento impacta desde a mobilidade urbana até a oportunidade de contratação de funcionários pelo mundo;
  • Bem-estar e Simplicidade: movimento minimalista em alta e, consumo de produtos que ofereçam uma experiência mais simples e prática para a vida das pessoas;
  • Consumo Verde: a pandemia também aumentou o debate sobre produtos e serviços que reduzem os impactos ambientais. A preocupação da empresa com o meio ambiente pode ser fator decisivo para o cliente decidir entre uma marca e outra.

Um dos aprendizados da pandemia foi a imprevisibilidade. Não basta ter uma cultura forte, bons produtos, tecnologia de ponta, e esquecer que o negócio tem que estar preparado para realizar mudanças a curto prazo, seguindo o que o perfil de consumo pós-pandemia vai determinar. Repense quais pilares e expectativas sua empresa pode cumprir e invista nelas.  É isso que o “novo normal” exige!

Ética e Transparência

Empresas que trabalham com ética e transparência conseguem entregar mais valor para os consumidores. Construir uma relação de confiança com fornecedores e parceiros é um ponto de partida positivo para ter uma postura coerente com o que os consumidores esperam na hora de fechar negócios com você.

Uma relação de confiança entre as partes proporciona melhor imagem de marca e possibilita que você ganhe vantagem competitiva no mercado. Você já pensou em quais parceiros estão mais alinhados com o seu propósito de marca? Quais investem em tecnologia para melhorar o mundo e os negócios? Foque em relações positivas e garanta o aumento das vendas pós-pandemia.

Contar com modelos com tecnologias mais inteligentes para cumprir as expectativas de consumo pós-pandemia faz toda diferença. Conheça a Linha Think, o melhor custo-benefício para empresas ao adquirir os produtos Lenovo.

vendas

Compartilhe

Faça parte da transformação
inteligente! Assine nossa
newsletter e receba conteúdos
ricos sobre tecnologia, inovação,
gestão e muito mais.